VK (03-12-1958 / kannur-kerala-India)

DIVINA COMÉDIA

Erguendo os braços para o céu distante
E apostrofando os deuses invisíveis,
Os homens clamam: - "Deuses impassíveis,
A quem serve o destino triunfante,

Por que é que nos criastes?! Incessante
Corre o tempo e só gera, inextinguíveis,
Dor, pecado, ilusão, lutas horríveis,
Num turbilhão cruel e delirante. . .

Pois não era melhor na paz clemente
Do nada e do que ainda não existe,
Ter ficado a dormir eternamente?

Por que é que para a dor nos evocastes?"
Mas os deuses, com voz inda mais triste,
Dizem: - "Homens! por que é que nos criastes?"

by Antero de Quental

Comments (14)

Good Haiku. From my side of the water enlightenment is nice. Thanks for the comment. Adeline
how cute how she wrote in lotus leaf.
Poor Prince … ‘Lotus Leaf’ scribble he missed…pity him… Cute...and beaut 10 Ms. Nivedita UK
nice charming lines short and colorful cheers
Such a beautiful poem...short n sweet
See More